quinta-feira, 20 de março de 2014

Ler e Escrever

Devo confessar que nestas últimas semanas tenho sido muito mal disciplinada no que toca à escrita. A razão? Férias. Não, não deveria ser desculpa, mas como fui de volta para Portugal durante uma semana, escrevi apenas dois dias e foquei os restantes em passar com a família e amigos. A segunda parte do problema é que, quando voltei, uma amiga veio-me visitar e tirei uma semana para estar com ela e lhe mostrar a cidade. 

A relevância disto tudo?  É que durante o tempo todo que passei sem escrever sentia uma ligeira sensação de saudade, mas nada que me fizesse abrir o computador e realmente escrever. Pelo menos até começar a ler — pois é, também tenho estado muito má na leitura. Mas o objectivo é que quando comecei a ler, a vontade de escrever veio de uma forma tão grande que quase me deixava mal disposta. Uma sensação de vazio no estômago — que também pode ser confundida com fome — que me dava vontade de sair do metro e seguir na direcção oposta para casa e começar a escrever. 

Afinal de contas, todos os escritores começam por ser leitores. Portanto, da próxima vez que sentires que estás sem vontade de escrever experimenta ler primeiro.